Monday, 21st August 2017 ca | es | en
» Menu
 Home 
 About us 
 Links 
 Contact us 


Increase your website traffic with Attracta.com
A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  Y  Z 

Madredeus's dicography » Os dias da Madredeus » A cantiga do campo

Album: Os dias da Madredeus
Year: 1987
Track: 07
Name: A cantiga do campo
» A cantiga do campo's lyrics
Porque andas tu mal comigo

ň minha doce trigueira

quem me dera ser o trigo

Que andando pisas na eira



Quando entre as mais raparigas

Vais cantando entre as searas

Eu choro ao ouvir-te as cantigas

que cantas nas manhăs claras



Por isso nada me medra

Ando curvado e sombrio

Quem me dera ser a pedra

em que tu lavas no rio



E falam com tristes vozes

Do teu amor singular

Aquela casa onde coses

com varanda para o mar



(e) por isso nada me medra

ando curvado e sombrio

quem me dera ser a pedra

em que tu lavas no rio
The lyrics from this song is property of this owner.

Do you find any mistake? Contact us and tell us.




© 2010-2017